Idioma: PortuguêsIdioms: English
   
   
Digite a palavra-chave

     
  Beauty Fair
06/09/2014

In-cosmetics Brasil
09/09/2014

Cosme Tókio 2014
20/10/2014

 
     
  Clique aqui e nos envie um e-mail para receber a nossa E-News.  
     
 








 
 
  Matérias  
 

Matérias Primas e Segredos de Beleza da Floresta
Tendências - 05/08/2004

                       

A Amazônia é o mais importante ecossistema do mundo, atinge nove países da América do Sul, incluindo 61% do território Brasileiro.

 

Estima-se que 30 milhões de espécies vegetais são encontradas na Amazônia e apenas uma mínima porcentagem foi estudada até o momento.

 

Muitas das pessoas da floresta vivem em comunidades ao longo dos rios, pescam e cultivam algumas espécies que são trocadas por outros bens considerados necessários.

 

A Floresta Amazônica tem sido parcialmente destruída por queimadas, exploração não sustentável de Madeira e outras atividades agrícolas para atender demandas globais.

 

Alternativas sustentáveis e viáveis economicamente podem ser criadas e oferecidas para as comunidades ajudarem a conservar a floresta. Adicionando valor a frutas e sementes, as pessoas irão preferir cuidar das árvores para colher seus frutos todos os anos, em vez de cortá-las e vender a madeira uma única vez, ou substituí-las por outras espécies de valor comercial.

 

Diversas plantas de interesse cosmético estão sendo identificadas com base no conhecimento popular e alguns estudos de universitários. Transformar esses recursos naturais em matérias primas para cosméticos é um longo, complexo, mas possível desafio.

 

 

 Planos de Manejo

 

 

Extrair materiais da floresta sem causar-lhe danos é a tarefa mais difícil. É preciso a colaboração árdua de engenheiros e técnicos florestais na elaboração dos planos de manejo, onde é previsto quanto, quando e como poderá ser colhido.  Ao mesmo tempo, é necessário acompanhar as melhorias sócio-econômicas  que esse processo pode causar na vida das pessoas envolvidas. Existem algumas organizações internacionais, como o FSC (Forest Stewardship Council)  e o SAN (Sustainable Agriculture Network) orientam as etapas necessárias.

 

Algumas plantas de interesse podem também ser cultivadas e isso pode preferencialmente ser feito recuperando-se áreas previamente degradadas.

 

Na maioria dos casos há potencial para uma certificação orgânica, cada vez mais valorizada.

                                                     

 

Processando                                       

 

 

Os barcos são o mais importante e às vezes, o único meio de transporte e as distâncias são enormes. Os frutos podem levar mais de duas semanas para chegar na cidade mais próxima. O clima é sempre quente e úmido.

 

É importante processar os frutos e sementes rapidamente para garantir a qualidade do produto final. Sempre que possível, os frutos devem ser processados na área da própria comunidade. O ideal é que o processo ocorra da maneira mais natural possível, inclusive sem o uso de solventes e ingredientes químicos para atender a demanda de produtos naturais em todo o mundo.

 

Alguns exemplos de sucesso podem ser citados:

 

 

Produtos

 

 

§         Manteiga de Cupuaçu

 

Nome INCI: Theobroma Grandiflorum Seed Butter

 

É um triglicerídeo extraído das sementes do cupuaçu (Theobroma grandiflorum ) que promove excelente condicionamento de pele e cabelos. Funde-se quando aplicado na pele, amaciando-a e protegendo-a.

 

A manteiga de cupuaçu apresenta uma excelente capacidade de absorção de água, propriedade que estabiliza emulsões e auxilia nas propriedades de hidratação. Apresenta também um certo grau de absorção de raios UV. Estudos adicionais demonstraram efeitos anti-inflamatórios atribuídos à presença de fitoesteróis.

 

É uma das maiores surpresas da floresta e já está sendo utilizada em diversos produtos cosméticos nacionais e internacionais. Xampus, condicionadores, cremes para pele, batons e até cremes dermatológicos já podem ser encontrados no mercado. Entre os países que a importam para uso cosmético, estão a Inglaterra, Estados Unidos, Polônia, Japão, Chile, e vários outros.

 

 

§         Óleo de Maracujá

 

Nome INCI: Passiflora Edulis Seed Oil, Passiflora Incarnata Seed Oil

 

O Maracujá também conhecido como fruto da paixão, é largamente cultivado no Brasil para gerar sucos concentrados pela indústria.  A flor é apreciada no paisagismo e das folhas é produzido um sedativo natural (passiflorina). É uma planta valiosa para ser cultivada em conjunto com outras espécies na Amazônia, pois é trepadeira e frutifica em aproximadamente 9 meses depois do plantio. 

 

As sementes costumavam ser descartadas ou utilizadas em fertilizantes e ração animal. A utilização do óleo das sementes em produtos cosméticos vem atribuir ainda mais valor a essa fruta, tão apreciada nas regiões tropicais.

A análise da distribuição de ácidos graxos do óleo de maracujá mostra aproximadamente 77% de ácido linolêico,  apresentando um potencial enorme para o cuidado da pele, já que é um dos lípides presentes na nossa própria pele e que se perde superficialmente com o uso de sabonetes. Importante para manter o equilíbrio hidro-lipídico da pele.

A presença de bioflavonóides o faz eficaz no controle da oleosidade excessiva, o que o faz um ótimo emoliente para pele de adolescentes e couro cabeludo.

 

O óleo de maracujá é um grande sucesso em vários países além do Brasil. O nome bonito (passion fruit) e a beleza de suas flores são utilizados nas etiquetas dos produtos que o contém. Destacam-se os óleos de banho, xampus e sabonetes.  Entre os vários países que já o adotaram, destacam-se os da Europa.

 

 

§         Óleo de Andiroba

 

INCI name: Carapa Guaianensis Seed Oil

 

O óleo de andiroba é um dos mais populares na Amazônia. É extraído das sementes pela própria comunidade através de processos rústicos desenvolvidos por eles mesmos. Eles aplicam o óleo diretamente no corpo para protegê-los das picadas de insetos. Também lhe são atribuídos diversos benefícios como ações antiinflamatórias, cicatrizantes, anti-reumáticas e até anticelulite... Algumas dessas ações já foram comprovadas.

 

Entre os vários produtos cosméticos que o utilizam, destacam-se produtos para o banho e loções repelentes de insetos. Na França, ele é utilizado em loções para celulite.                          

 

§         Buriti Oil

 

Nome: Mauritia Flexuosa Fruit Oil


 

O buriti é fruto da palmeira conhecida localmente como árvore da vida, assim chamada por ser possível utilizar praticamente tudo dessa espécie. A polpa dos frutos é utilizada para fazer doces e sorvetes, além de ajudar na recuperação da pele queimada ou machucada. As sementes são utilizadas para fazer colares e outras jóias da floresta. As folhas trançadas cobrem as casas e até do caule se extrai um líquido que substitui o açúcar.

 

O buriti é a maior fonte natural conhecida de carotenóides (pró-Vitamina A), já muito conhecidos por suas propriedades protetoras para a pele.

Estudos adicionais demonstram que o óleo também é muito útil para o cuidado dos cabelos, especialmente os danificados. O uso do óleo em condicionadores pode ajudar a recuperar a força e maleabilidade dos fios.

 

Entre os sucessos já lançados, destacam-se os produtos solares, pré e pós-solares  e maquilagens. Japão, França e Estados Unidos parecem especialmente atraídos pela sua cor vermelha intensa.

 

 

§         Óleo de babaçu

 

Nome INCI: Orbignya Oleifera Seed Oil

 

O babaçu é considerado o fruto da palmeira mais produtiva do mundo. O seu óleo, rico na cadeia graxa láurica, é largamente utilizado em todo o mundo na geração de tensoativos para uso cosmético e industrial.

É uma excelente alternativa para os óleos minerais quando se quer formular exclusivamente com produtos vegetais. É fácil de emulsionar e tem odor e cor facilmente mascarados nas formulações.

Além de sabonetes, destacam-se produtos para cabelos e óleos bronzeadores entre os produtos  finais que o utilizam.

 

§         Óleo de Castanha do Brasil (Brazil Nut Oil)

 

Nome INCI: Bertholletia Excelsa Nut Oil 

                           

 

A Castanheira é a árvore mais alta da floresta podendo atingir 60 metros de altura e viver mais de mil anos! Os seus frutos são globos contendo diversas sementes. São coletados do chão, suas sementes são quebradas e as amêndoas comercializadas para uso alimentício. São ricas em proteínas e  a maior fonte natural de Selênio.

 

O óleo é obtido através da prensagem das amêndoas. Também contém fitoesteróis e ácido linolêico na sua composição graxa. Excelente para a pele, protegendo-a da perda transepidérmica de água e melhorando a hidratação superficial.

 

Utilizados nos mais diversos produtos cosméticos para pele e cabelo.

-          Outros

 

 

Pode-se citar outros, como o óleo de Pequi ou Pequiá, a Manteiga de Murumuru, o Óleo de Urucum, o Extrato de Guaraná, etc. O importante é saber que o Brasil parece ter acordado para essas possibilidades e começou a valoriza-las.

Essas novas matérias primas diferenciam nos produtos cosméticos no mundo.

 

 

 

Conclusões

 

Unir os recursos naturais às necessidades de marketing é um desafio. O processo em si é complexo e longo. Existe a necessidade de garantir disponibilidade, qualidade, reprodutibilidade, pesquisa de eficácia, registros internacionais e segurança.

 

Para ter sucesso, tudo quem ser feito de maneira economicamente viável, ecologicamente correta e socialmente justo. E os benefícios serão vistos não apenas no Mercado cosmético, mas na Floresta.

 

 

 

 

Referênciass

 

1)     Winkler, The experimental studies of effect of water content of upper layers of human skin. Arztl. Kosmetologie, 7, 65-77 (1977).

2)     S Chlebarov: Die Kosmetichen Eigenschaften gives Phytosterole, TW Dermatologie, 1990.

3)     D.Kelly. J. Bessiere, J. Crimmins, S.Renard. Anti-inflammatory properties of Amazonian Oils.

4)     Mohile, R.B.; Rele, S.A; Kamath, Y – Benefit of coconut Oil Relevance to Hair Damage – IFSCC Magazine, Vol.4, 277-279, 2001.

5)     Pesce, Celestino – Oil Palms and Other Oilseedds of the Amazon – 1985.

Autor: Vânia Maria Pacchioni

 
 
   
 
Voltar à lista Voltar à front page
 
Busca em Notícias
  Palavra-chave        
 
 
 
  Notícias  
  Produção de embalagem é menor no primeiro semestre
Nacional - 20/08/2014

Mexicana Vitro vai construir uma nova fábrica de embalagens de vidro no Brasil
Mercados - 20/08/2014

Natura troca de presidente
Profissionais - 19/08/2014

Grupo Boticário quer abrir 100 lojas e vender US $ 90 milhões em dois anos na Colômbia
Mercados - 14/08/2014

Dove lança campanha com novo posicionamento
Campanhas - 13/08/2014

 
  Entrevistas
 
  Perfumaria - Especialistas falam sobre tendências e os cheiros que o brasileiro ama
28/07/2014

Carla Falcão, especialista em Mídias Sociais: “...é preciso lembrar que a comunicação precisa ser de mão dupla e ter continuidade... é importante humanizar esse contato.”
02/06/2014

Dr. Edilson Pinheiro, médico pós-graduado em Dermatocosmitria:“..o dia em que conseguirem desenvolver um medicamento tópico em que realmente aconteça a penetração do ácido hialurônico, será uma vrdadeira revolução
12/04/2014

 
  Matérias  
  Lenços Umedecidos ganham espaço no mercado pela praticidade
Mercados - 16/08/2014

Granado em loja de luxo em Paris atrai exportações
Mercados - 11/08/2014

Cheiros do Brasil
Nacional - 03/08/2014

 

Envie-nos seu e-mail com comentários, críticas e sugestões.