Idioma: PortuguêsIdioms: English
   
   
Digite a palavra-chave

     
  Beauty Fair
06/09/2014

In-cosmetics Brasil
09/09/2014

Luxe Pack Monaco
27/10/2014

 
     
  Clique aqui e nos envie um e-mail para receber a nossa E-News.  
     
 








 
 
  Matérias  
 

Cultura e Tecnologia no Espaço Perfume
Nacional - 19/07/2004

O empresário Miguel Krigsner, presidente do Grupo K&G, dono da marca O Boticário, anunciou no último dia 15, com visível satisfação, a inauguração do Espaço Perfume na capital paranaense.

 

Instalado no Espaço Cultural do Shopping Estação de Curitiba, um outro segmento do grupo K&G, o Espaço do Perfume era um sonho antigo do empresário, fundador de O Boticário, empresa líder em fragrâncias no país.

 

O investimento de R$ 2milhões teve o apoio da Givaudan e da Saint Gobain que forneceram ainda aporte em know how e tecnologia. Mas o investimento não expressa o valor inestimável reunido num espaço de 310 metros quadrados em dois níveis. São mais de 900 peças que remontam os 5000 anos de perfumaria. E ainda, como surgiu o perfume no Brasil, as propagandas que marcaram época, um painel olfativo com as classificações ilustradas por ícones da perfumaria, as essências no mundo, os processos de produção, entre outras informações didáticas e socioculturais.


Krigsner - um sonho realizado      
                                                        

A estudiosa de perfumaria, Renata Ashcar, convidada por Miguel para realizar a curadoria do projeto, depois da publicação de seu livro Brasilessencia, a Cultura do Perfume, do qual O Boticário é um dos patrocinadores, não poupou conteúdo ao empreendimento.

 

Junto com uma equipe de profissionais não mediu esforços e criou um painel abrangente, didático e ao mesmo tempo poético, com requintes tecnológicos não encontrados em outros similares do gênero no mundo.

 

História
Como num livro, a história do perfume é narrada em 20 nichos, em lâminas sobrepostas, pintadas, compostas de acordo com a época, numa leitura didática e bem humorada.


história contada como em um livro

A narrativa começa em 1900 AC com a Rainha Hatshepsul do Egito e seus rituais de beleza, passa pelos versos eróticos dos Os Cânticos de Salomão em que um jardim e seus aromas é comparado à intimidade entre dois amantes e não esquece Cleópatra, que usou essências aromáticas até mesmo para a morrer.

 

A Renascença é evocada através dos frades dominicanos que produziam essências, entre outras preparações medicinais e Catarina de Médicis, que levou seu perfumista para a França. Este, René Blanc, fundou em 1533, em Paris, a primeira boutique de perfumes.

 

O frasco longo e roliço que Napoleão levava na bota durante as batalhas esta no museu, assim como o frasco pintado à mão, que continha uma mistura de notas cítricas e lavanda criada por Guerlain, em 1861, para a imperatriz Eugênia.    


A Nippon Kodo, tradicional fabricante de incensos no Japão, doou os utensílios da cerimônia do incenso, antigo ritual em que se compõem poemas sob inspiração dos cheiros.  E a Exposição Internacional de Artes Decorativas em 1900, quando o perfume foi finalmente consagrado como um produto industrial.

 

A diretora de eventos especiais da Givaudan, Martine Uzan que veio especialmente da França para acompanhar a primeira exposição do Espaço Perfume - Frascos do século XVIII - reconheceu a dimensão internacional do museu: “O que se vê aqui é algo importante e diferente de tudo que já vi”.

 

Os perfumes que marcaram época estão inseridos em décadas, contextualizados com a moda e a cultura. Assim Theda Bara, Chanel, Jane Fonda personificando Barbarella e até Gisele Bündchen, marcam o tempo com perfumes inesquecíveis.

 

Interatividade

O Espaço Perfume busca a todo o momento a interatividade com o público. Dos totens que exalam fragrâncias em sua entrada, aos painéis eletrônicos que apontam num mapa do mundo, de onde vêm os aromas utilizados em perfumaria.

 

Mas nada como o Espaço Multisensorial, que projeta um filme com as diversas fases da vida de uma pessoa. A máquina Scent Zone, que libera fragrâncias por múltiplos canais, exala os aromas da memória para que o visitante, confortavelmente instalado em pufes, os identifique.

 

Além do painel A Classificação Olfativa que mostra famílias e subfamílias olfativas em que o público identifica seus perfumes prediletos e a que famílias pertencem.

 

Para aqueles que desconhecem a engenharia de uma fragrância, o arquiteto Nivaldo Vitorino projetou uma ânfora deitada e aberta. O objetivo é fazer com que o visitante entre no frasco e conheça as notas de saída, de coração e de fundo de uma fragrância. Totens eletrônicos sopram as essências em cada fase e no final a fragrância completa, criada especialmente para o Espaço Perfume, tem as três composições reunidas. Uma inspiração inédita.

                                   
                               frasco aberto com totens que exalam notas

A iluminação do frasco é feita através de cristais Swarovski, especialmente desenvolvidos para a finalidade – lembrar as moléculas que compõem as notas, mas o efeito é o de um céu estrelado. São 140 ponteiras de cristais com diferentes lapidações, três projetores de luz com alternação de cores e três chicotes de fibra ótica.

 

A perfumaria no Brasil também está bem documentada e inclui o mercado Ver o Peso de Belém do Pará, com suas inúmeras essências para finalidades diversas inclusive banhos de cheiro, o ritual perfumado da lavagem das escadarias do Bonfim, na Bahia. Músicas e versos falam de perfumes, as primeiras indústrias – Phebo e Casa Granado estão representadas através de suas embalagens e rótulos antigos e ali estão também os ativos da biodiversidade brasileira – priprioca, breu branco e pau rosa. 


Abre-se assim um espaço importante na América Latina, de arte, cultura e história. Intimamente atado à uma indústria poderosa e sempre crescente.

 

O museu já está aberto ao público e com intensa visitação. A partir do dia 1º de Agosto será cobrado R$ 3 , mas 50% de sua receita será doada a Ação Comunitária, que congrega 170 instituições.

 

 
 
   
 
Voltar à lista Voltar à front page
 
Busca em Notícias
  Palavra-chave        
 
 
 
  Notícias  
  Natura cresce 5,1% no segundo trimestre, apesar da retração de 26,8% do lucro líquido
Nacional - 24/07/2014

Hinode anuncia plano de expansão
Estratégia - 22/07/2014

Coppertone patrocina surfista brasileiro para linha de proteção solar
Campanhas - 22/07/2014

Abihpec projeta aumento de vendas de R$ 42,6 bilhões em 2014 e qualifica 21 empresas fornecedoras com selo
Nacional - 21/07/2014

Revisão do Semestre - Matérias, Entrevistas, Lançamentos e Notícias de destaque
Estratégia - 07/07/2014

 
  Entrevistas
 
  Carla Falcão, especialista em Mídias Sociais: “...é preciso lembrar que a comunicação precisa ser de mão dupla e ter continuidade... é importante humanizar esse contato.”
02/06/2014

Dr. Edilson Pinheiro, médico pós-graduado em Dermatocosmitria:“..o dia em que conseguirem desenvolver um medicamento tópico em que realmente aconteça a penetração do ácido hialurônico, será uma vrdadeira revolução
12/04/2014

Sérgio Rebelo, diretor da Factor de Solução, afiliada do grupo Kline na América Latina: “Teremos para este ano um mercado mais desafiador, porque a competição é maior, o mercado cresce menos e a pressão de custos é importante”.
10/03/2014

 
  Matérias  
  Pele sensível e os produtos amigáveis
Tecnologia - 30/06/2014

Mercado de ativos funcionais em cuidados pessoais no Brasil é avaliado em USD 120 milhões
Mercados - 20/06/2014

Mudanças no Hábito de Consumo em Beleza e Cuidados Pessoais do consumidor brasileiro
Comportamento - 16/06/2014

 

Envie-nos seu e-mail com comentários, críticas e sugestões.