Idioma: PortuguêsIdioms: English
   
   
Digite a palavra-chave

     
  FCE Cosmetique
12/05/2014

Cosmoprof North America
13/07/2014

In-cosmetics Brasil
09/09/2014

 
     
  Clique aqui e nos envie um e-mail para receber a nossa E-News.  
     
 








 
 
  Entrevistas  
 

Gonzalo Turueño – Country manager da P&G Salon Professional Brasil: “O que falta fortalecer no Brasil é a técnica e a precisão que é muito importante para sistematizar e criar modelos para que sejam repetidos por mais profissionais.”
16/02/2013


                                       

1 – Quanto representa o mercado brasileiro de coloração para a P&G?

Wella Professionals é uma marca de 1 bilhão de dólares e representa 80% do negócio de P&G Salon Professional no mundo. No Brasil somos líderes absolutos em vendas de tonalizantes e coloração permanente. Temos mais ou menos 2/3 do mercado de coloração permanente e a terça parte do mercado de tonalizantes.

 
2 – O lançamento de Illumina Color tem em vista manter a marca forte diante da grande concorrência no Brasil por este mercado?

Não por concorrência, mas pelo nosso desenvolvimento em inovação. A cada três, cinco anos fazemos lançamentos grandes. Estamos sempre investindo em pesquisas para trazer inovações e oferecer novas possibilidades para as mulheres que colorem os cabelos porque é isso o que torna a marca forte. Na verdade, Ilumina Color está sendo lançado para completar o portfólio de colorações profissionais da Wella, trazendo mais ferramentas e opções de resultados para os cabeleireiros e suas clientes.  


 
3 -  Qual é o diferencial desse produto?

Illumina Color de Wella Professionals conta com a avançada tecnologia MICROLIGHT™, uma das maiores inovações dos últimos 20 anos para a indústria da coloração de cabelos. Ela apresenta milhões de micropartículas criadas para envolver as impurezas deixadas nos cabelos (como metais minúsculos, deixadas pelo resíduo da água, quando os cabelos são lavados), diminuindo os danos na cutícula e mantendo a superfície mais saudável e transparente no momento da coloração. E é esse o seu grande diferencial. 


 
4 – E o que quer dizer isso exatamente, de deixar a superfície transparente no momento da coloração?

Que o produto oferece um serviço mais completo para as mulheres que buscam uma coloração discreta e com aparência muito natural, com  mais luminosidade aos fios e mais tratamento junto com a coloração. É que com esta tecnologia, Illumina Color oferece até 70% mais reflexo de luz. 


 
5 – Como é o mercado de  coloração no Brasil? 

 As brasileiras estão entre as mulheres que mais investem em produtos cosméticos no mundo. O Brasil é o segundo maior mercado consumidor de produtos para cabelos, com 11% de todo o segmento no mundo. (ABIHPEC). O segmento de cabelos é o maior da indústria brasileira de higiene pessoal, perfumaria e cosméticos (HPPC), representando 22,8% do setor, com faturamento ex-factory (livre de impostos sobre vendas) de R$ 6,7 bilhões em 2011. 


 
6 – Quais os seus principais problemas? Produzir localmente é vantajoso?

O custo Brasil de fazer negócios é alto. Importar para o Brasil é caro. Produzir localmente também é caro, o salário é caro. Para ser competitivo é preciso ter dinheiro, massa crítica relevante.

Sim é vantajoso, permite que médias empresas cresçam, já que para crescer o negócio é importante ter um bom nível de serviço para os clientes. Mas o processo de importação do Brasil é longo e complexo. Para gerenciar isto, as empresas precisam investir em processos.


 
7 – E em relação aos profissionais do mercado? O Sr. acredita que temos bons profissionais?

Temos profissionais muito talentosos na área criativa e que são fortes e reconhecidos internacionalmente. O que falta fortalecer no Brasil é a técnica e a precisão que é muito importante para sistematizar e criar modelos para que sejam repetidos por mais profissionais.   Por outro lado falta que as pessoas valorizem também o que é brasileiro, já que a maioria dos artistas valoriza as tendências na Europa.


 
8 – Como a empresa investe em treinamentos? E a sua atuação como tem sido em relação a esta questão?

 Nossa preocupação é investir em educar, educar e educar. A Wella Professionals conta com um estúdio em São Paulo e outro no Rio de Janeiro com uma equipe formada por profissionais dedicados à educação. Oferecemos uma grade de cursos, ao longo de todo o ano, com workshops que abordam conteúdos técnicos, tendências e sobre nossos produtos. Triplicamos em 3 anos os investimentos nessa área. O time dobrou e temos um programa Expert Team para treinar cabelereiros como se fossem técnicos da Wella. Este ano temos 600 pessoas só nesse programa. Vou me sentir muito bem se puder colaborar para a educação desses profissionais no Brasil.

 
 
   
 
Voltar à lista Voltar à front page
 

Busca em Entrevistas

  Palavra-chave        
 
 
 
  Notícias  
  Indústria brasileira de cosméticos fatura R$38 bilhões em 2013
Nacional - 17/04/2014

Economia em rápido crescimento do Brasil está impulsionando uma mudança fundamental no mercado de produtos de higiene pessoal masculina
Mercados - 17/04/2014

Brasil deve alimentar o crescimento na indústria de embalagens de plástico
Mercados - 17/04/2014

Surya Brasil lança linha no Reino Unido
Internacional - 16/04/2014

Rhodia segue estratégia de investir em mercados de rápido crescimento e conclui aquisição da Erca Química no Brasil
Nacional - 16/04/2014

 
  Entrevistas
 
  Dr. Edilson Pinheiro, médico pós-graduado em Dermatocosmitria:“..o dia em que conseguirem desenvolver um medicamento tópico em que realmente aconteça a penetração do ácido hialurônico, será uma vrdadeira revolução
12/04/2014

Sérgio Rebelo, diretor da Factor de Solução, afiliada do grupo Kline na América Latina: “Teremos para este ano um mercado mais desafiador, porque a competição é maior, o mercado cresce menos e a pressão de custos é importante”.
10/03/2014

Fátima Rossetto - Diretora de Desenvolvimento e Educação da Natura Cosméticos e Andrea Eboli - Diretora de Marketing da empresa: Investimento na Educação de profissionais da empresa
17/02/2014

 
  Matérias  
  Indústrias brasileiras buscam na Cosmoprof North America passaporte para o mercado americano
Estratégia - 05/04/2014

Pesquisa de Mercado: a ferramenta para enfrentar a competição
Estratégia - 24/03/2014

Mousse ganha novas opções em produtos
Tendências - 24/02/2014

 

Envie-nos seu e-mail com comentários, críticas e sugestões.